Shadow

Passagens aéreas podem ficar até 75% mais baratas na Black Friday

A Black Friday já aconteceu, mas os descontos ainda continuam, pois com a pandemia do Covid 19 milhares de voos e viagens foram cancelados, o que deixou as companhias aéreas em apuros. Com os descontos ofertados na Black Friday, milhares de pessoas aproveitaram para comprar passagens aéreas pensando em viajar, pós pandemia, é claro.

Os descontos são sempre bem-vindos, afinal, que não enche os olhos quando vê um desconto? Isso tudo foi feito para que as empresas aéreas pudessem mantes os serviços dos seus colaboradores e alavancar as vendas, tanto do turismo nacional, como do turismo internacional.

Como é possível comprar passagens com descontos tão grandes?

É simples, você precisa ficar acordado durante toda a noite, pois os maiores e melhores descontos são feitos na madrugada e só quem está acordado e esperto consegue essas promoções incríveis. É claro que as viagens devem ser muito bem planejadas, para um período quando o risco da pandemia já tiver passado. Como são inúmeros sites, você precisa pesquisar em todos eles até achar o melhor desconto, eu falei que era simples, mas não disse que era fácil.

Na Black Friday de 2019 os preços despencaram, teve oferta com descontos de até 75% e como o setor, este ano está em queda grande, é bem provável que muitas pessoas tenham conseguido comprar passagens aéreas por valores bem razoáveis. Essas ofertas, com certeza vão atrair muitas pessoas, como mochileiros, turistas, famílias, enfim, todo tipo de pessoa que queira viajar em 2021, com certeza aproveita as ofertas da Black Friday para fazer suas compras.

Receita do turismo caiu 37,2% no primeiro semestre

Realmente a receita do turismo caiu muito neste primeiro semestre por causa da pandemia, pois, quem iria imaginar que algo assim iria acontecer? Quando os primeiros casos deram sinal em outros países, não se imaginava que tomaria toda essa proporção. Muitas agências de turismo, hotéis, companhias aéreas acabaram tendo uma perda de 37,2%, alguns tiveram até que fechar as portas, por causa da falta de turistas. Muitas pessoas cancelaram os voos, desmarcaram suas viagens de férias e tudo que estava programado para o ano de 2020.

O problema é que com tantas perdas o setor de turismo acaba respingando em outras partes da economia, isso ocorre, por que o PIB (Produto Interno Bruto) tem cerca de 8,1% constituído pelo Turismo. Você sabia que o setor do turismo tem cerca de 7 milhões de brasileiros que atuam nele?

Turismo nacional já ensaia retomada

A recuperação do turismo é prevista, mas para quando o Covid estiver controlado, isso depende de uma segunda onda, se ela não vier, pois o Brasil, ainda nem saiu da primeira. Porém, o governo já indicou a retomada do turismo, que significa uma aliança nacional para diminuir o impacto socioeconômico que a pandemia produziu no país e no mundo.

Pensando na redução desse impacto que o ministro do turismo, Marcelo Álvaro Antônio, criou a campanha “Viaje com responsabilidade e redescubra o Brasil”. A campanha é baseada em 4 eixos, são eles:

– Preservar os empregos e as empresas;

– Qualificar os destinos para as viagens;

– Implantas protocolos de biossegurança;

– E dar mais incentivo às viagens.

Tem outro item que é de muita importância para a retomada é a certificação do Selo Turismo Responsável, que são cerca de 23 mil estabelecimentos que possuírem esse selo, estarão oferecendo instalações seguras para visitação e acolhimento dos turistas. Os estabelecimentos são, hotéis e parques em todo o país.

Confira dicas para planejar a sua viagem

1ª dica – Uma viagem inicia quando tem um planejamento, você precisa planejar para onde quer viajar, a data da viagem, o seu orçamento e os preços dos serviços. Vale lembrar que é importante, pois os valores dos serviços das companhias aéreas podem variar muito.

2ª dica – Cadastre-se em sites de alertas de preços e aguarde pelas notificações, pois existem muitos sites que oferecem essa funcionalidade, ou seja, quando a viagem estiver mais barata, ele vai avisar você. Existem vários sites que apresentam esse tipo de serviço, nós vamos citar dois para você, o Kayak e o Skyscanner.

3ª dica – Ter flexibilidade é muito importante, pois as vezes na data que você deseja viajar a passagem pode estar mais cara, então você pode optar por outra data pegando excelentes descontos. Às vezes a diferença pode ser de dois ou três dias e os preços passam a ser bem atraentes. O ideal é você comprar as passagens aéreas com até 5 meses de antecedência para fazer viagens internacionais, já para as viagens dentro do país o ideal é comprar com dois meses de antecedência.

4ª dica – De preferência para as agencias aéreas que não são tão conhecidas, chamadas de Low Cost, pois elas oferecem taxas com descontos que chegam até 65% mais baratas. E tem mais, elas não possuem distinção de classe nos serviços que prestam, o que deixa a passagem ainda mais em conta. No dia a dia os preços das passagens das low cost são mais em conta, imagina nas promoções.

5ª dica – aproveite as promoções para viajar, pois muitas empresas costumam baixar os preços antes mesmo de a Black Friday ser realizada. Se você está em busca de preços ótimos, pode encontrar uma excelente oferta até no dia 27, ou seja, dois dias antes da Black Friday

6ª dica – Fique atento para conseguir viagens que são mais curtas, pois para o setor de turismo, dar inicio a retomada do setor através de viagens mais curtas é uma decisão certíssima, uma vez que as pessoas ainda estão com medo do covid 19 ou corona vírus. Portanto se você quiser fazer uma viagem para economizar, opte por uma viagem mais curtas, para destinos mais próximos, de uma final de semana.

O setor de turismo no Brasil e no Mundo está passando por uma grande dificuldade, mas tudo indica que com a retomada do setor, as coisas podem mudar e muitas viagens poderão acontecer durante o ano de 2021. Vamos torcer para que tudo saia como o planejado para o turismo, pois assim todos saem ganhando.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *